o Divino em Nós – Anselm Grun e Leonardo Boff

o Divino em Nós – Anselm Grun e Leonardo Boff

o Divino em Nós – Anselm Grun e Leonardo Boff

Sob Consulta

0000

Nesta obra, Anselm Grun e Leonardo Boff se inserem na rica tradição de pensar a relação do ser humano com a totalidade a partir da ideia do divino que tudo perpassa: o divino em nós! A palavra “divino” nos remete à relação com uma divindade. Quando alguém se relaciona com algo divino ultrapassa seus próprios limites, relacionando-se com algo que é muito maior que si. Para os autores a questão central é como pode o humano sentir-se nesta unidade do divino em nós. E cada autor toma este desafio a partir de um ponto de vista distinto. Grun tem como base a presença do divino sentida como força no mais íntimo do ser humano e Boff se baseia na presença do divino no universo.

Nesta obra, Anselm Grun e Leonardo Boff se inserem na rica tradição de pensar a relação do ser humano com a totalidade a partir da ideia do divino que tudo perpassa: o divino em nós! A palavra “divino” nos remete à relação com uma divindade. Quando alguém se relaciona com algo divino ultrapassa seus próprios limites, relacionando-se com algo que é muito maior que si. Para os autores a questão central é como pode o humano sentir-se nesta unidade do divino em nós. E cada autor toma este desafio a partir de um ponto de vista distinto. Grun tem como base a presença do divino sentida como força no mais íntimo do ser humano e Boff se baseia na presença do divino no universo.