AS REGRAS DE OURO DOS CASAIS SAUDÁVEIS – Toda mente é um cofre, não há mentes impenetráveis, mas chaves corretas – Augusto Cury

AS REGRAS DE OURO DOS CASAIS SAUDÁVEIS – Toda mente é um cofre, não há mentes impenetráveis, mas chaves corretas – Augusto Cury

AS REGRAS DE OURO DOS CASAIS SAUDÁVEIS – Toda mente é um cofre, não há mentes impenetráveis, mas chaves corretas – Augusto Cury

Sob Consulta

0000

Nesta Obra o psiquiatra e psicoterapeuta Augusto Cury, descortina a construção das relações humanas. Ele nos mostra que a relação desinteligente é instável, enquanto a relação saudável tem estabilidade. Na relação desinteligente, um é perito em reclamar do outro enquanto, na relação saudável, os dois são especialistas em agradecer. Na relação desinteligente, os atores são individualistas e, na relação saudável, um procura fazer o outro feliz. Na relação doente se cobra muito e se elogia pouco, na relação saudável se doa muito e se cobra pouco. Que tipo de casal você forma: saudável ou doente, inteligente ou desinteligente? Casais saudáveis têm uma mente madura, atentam ao essencial, à grandeza do afeto, à notoriedade do diálogo, ao espetáculo do respeito mútuo, enquanto casais desinteligentes valorizam o trivial, atritam por coisas tolas. Quem ama apenas com a emoção vê a relação flutuar entre o céu do prazer e o inferno dos conflitos. O romance, para ser saudável e inteligente, precisa ser alicerçado em regras de ouro. E quais são essas regras? Compreender minimamente a complexidade da mente humana, saber que ninguém muda ninguém, que temos o poder de pior ar os outros, não de mudá-los, saber que estratégias erradas, como cobrar demais, aumentar o tom de voz, dar sermões, criticar em excesso, ter ciúmes, chantagear, fazer comparações, levam à falência dos romances, superar o cárcere do fenômeno bateu–levou, superar o cárcere da rotina,